Custos condominiais

Custos condominiais, índice da Aabic tem queda significativa de 9,6% em janeiro, IPEVECON e IPEMIC registram queda em janeiro de 2014. Diretor de Condomínio da Aabic explica o cenário e fala sobre os próximos meses.

De acordo com o último Índice Periódico de Variação de custos Condominiais (IPEVECON) relativo a janeiro de 2014, produzido pela Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo (Aabic), é possível verificar uma redução significativa, resultando em queda percentual de -9,60%.

“Após o período de alta das despesas condominiais em dezembro, com o pagamento da segunda parcela do 13º salário e o recolhimento dos encargos sociais relacionados, além das usuais gratificações natalinas, a redução se torna natural”, explica o diretor de Condomínio da Associação, Omar Anauate. O resultado trouxe o cálculo do valor médio da cota condominial para R$ 928,00, o que se traduz em elevação de 8,89% em relação ao registrado no mesmo período de 2013.

A redução foi relevante nos itens de despesas com Pessoal e Encargos, com quedas respectivas de -15,40% e -9%. O consumo de água manteve a tendência de redução no final do ano, em virtude do período de férias, com queda de -1%.

“Em fevereiro, os custos de condomínio devem tender à estabilidade, podendo variar em decorrência do pagamento dos feriados trabalhados no final de ano pelos funcionários de condomínios que onerarão a folha de pagamento”, comenta o diretor.

IPEMIC

O Índice Periódico de Mora e Inadimplência Condominial (IPEMIC), também produzido pela Aabic, registrou índice de mora no pagamento de cotas condominiais (atraso até o 30º dia) de 5,98%. Em comparação ao mesmo período de 2013 (6,72%), representou queda de -0,74% em pontos percentuais.

“O valor relativo à inadimplência do mês, com base em novembro de 2013 (não pagamento do 31º ao 90º dia após o vencimento) atingiu 3,12%, refletindo queda de -0,02% em relação a novembro do ano anterior (3,10%)”, finaliza o diretor da Associação.

Fonte:Segs